O mês mais quente desde 1880

O mês mais quente desde 1880

Recorde preocupante

São Paulo – Sobrevivemos ao mês mais quente da história. Julho de 2015 teve a temperatura média mais alta da Terra desde que os registros começaram a ser feitos, em 1880.

É o que mostra os dados de dois importantes centros mundiais, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) e a Agência Meteorológica do Japão.

Segundo os cientistas, o recorde é explicado, em parte, pela tendência de aquecimento global influenciada pelo homem e, em parte, por um forte El Niño, que aquece as águas do Oceano Pacífico, e por tabela, aumenta a temperatura no mundo.

E vem mais por aí. Pelas previsões, 2015 pode ser o ano mais quente já registrado no mundo. Confira nos slides 5 dados ardidos do mês mais quente da história.

1 – Um novo recorde por uma margem relativamente grande

size_810_16_9_julho-quente

Em Julho, a média das temperaturas das superfícies terrestres e oceânicas foi de 16,61 °C. Na ponta do lápis, o “termômetro planetário” ficou 0,81°C acima da média do século 20, batendo a marca anterior, estabelecida em 1998, por uma diferença de 0,08°C. Parece pouco, não? Mas trata-se de uma grande margem para registros de clima — recordes mensais de calor anteriores foram quebrados por um vigésimo de grau ou menos.

 

2. O “janeiro a julho” mais quente da história

size_810_16_9_temperaturas

Os primeiros sete meses de 2015 foram os mais quentes desde o início dos registros de temperatura, em 1880, de acordo com a NOAA. A temperatura média de janeiro a julho foi 1,34°C acima da média do século 20, superando o recorde anterior estabelecido em 2010 por 0,09 °C.

 

3 . A Terra não para de esquentar

size_810_16_9_grafico-anomalias

Os dados dos últimos sete meses refletem o que os cientistas, há décadas, têm observado: o nosso planeta está se tornando um lugar mais quente. Catorze do dos 15 anos mais quentes já registrados na história ocorreram no século 21. O ano de 2014 foi o mais ardente desde que os registros modernos começaram em 1850, segundo os dados da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

 

4. Oceanos batem recorde de temperatura

size_810_16_9_oceano

Entre janeiro e julho, a média global da temperatura da superfície do mar foi 0,75 °C superior à média do século 20. Esta foi a temperatura mais alta para qualquer mês entre 1880 a 2015. O valor mundial foi impulsionado pelo calor recorde em grandes extensões dos oceanos Pacífico e Índico. Já a média de temperatura da superfície da terra foi a sexta maior na história.

 

5. 2015 pode ser o ano mais quente da história

size_810_16_9_calor-2014

Segundo os cientistas, o ano de 2015 caminha para tornar-se o mais quente da história (2014 detém o recorde até aora), principalmente se o El Niño se intensificar conforme o esperado. Sinal de que a vida no Planeta caminha para tempos perigosos, marcados por fenômenos extremos capazes de impactar as sociedades e as economias.

 

Fonte: Exame.com

Responda